domingo, 9 de maio de 2021

COMEMORAÇÃO DO DIA da EUROPA

Podcast Comemorativo do Dia da Europa Ouça AQUI Os alunos do 11.º ano Pedro Madruga, Miguel Silva e Joana Pereira, alunos do Clube Europeu, Programa Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, celebraram o Dia da Europa, comemorando também o Dia da Declaração Schuman e o Clube Europeu, criado no ano letivo de 1991/1992, e gravaram a sua conversa contando, desta vez, com a presença da Sr.ª Prof.ª Isabel Serra, Subdiretora do AEA, que simpaticamente acedeu ao seu convite. Esta conversa foi o primeiro momento de vários, ao longo do mês de maio, dedicados à celebração do Dia da Europa. Neste encontro, contemplou-se o passado do Clube Europeu, prestes a celebrar 30 anos de existência. A sua fundadora resumidamente deu conta de algum do trabalho desenvolvido pelo clube, referindo-se ao impacto junto dos alunos e respetivas famílias do concelho, bem como de alunos de inúmeros países europeus com os quais foram desenvolvidos projetos internacionais, inseridos em Projetos Comenius, Erasmus, eTwinning, e em outras parcerias que se prolongaram para além dos projetos e, mais recentemente, o Programa Escolas Embaixadoras do Parlamento Europeu. Após uma perspetiva histórica sobre o papel da União Europeia e o seu impacto no mundo e na vida dos cidadãos dos países que a compõem, falou-se no seu presente e nos desafios que se preveem para o futuro: as alterações climáticas, o seu relacionamento com o mundo, as migrações, a transição para o mundo digital. Os jovens indicaram ainda estratégias e objetivos para um mundo melhor, referindo a urgente redução da poluição, a sustentabilidade, a neutralidade carbónica, a utilização dos recursos de forma eficiente, a restauração da biodiversidade e a transição digital justa e inclusiva. Entenderam todos também que é necessário haver um reforço constante da democracia na Europa, papel de que nenhum país se deverá demitir. Registaram a função de Portugal enquanto detentor da Presidência do Conselho da União Europeia e assinalaram a Cimeira Social do Porto, um evento a decorrer, neste momento, na cidade do Porto, cujo objetivo é garantir que enfrentamos os desafios do presente e do futuro não deixando ninguém para trás. Na conclusão, os intervenientes desejaram a todos um Feliz Dia da Europa, desejando que esta continue a contribir para a preservação da paz no mundo e para o bem-estar de todos.

sábado, 23 de janeiro de 2021

SELOS

O Agrupamento de Escolas de Ansião foi, recentemente, galardoado com os selos Escola Sem Bullying | Escola Sem Violência e eTwinning School Label 2020-2021.

        A distinção de  selo Escola Sem Bullying | Escola Sem Violência foi divulgada na véspera do dia 20 de outubro, Dia Mundial do Combate ao Bullying, e surge na sequência do trabalho desenvolvido por vários elementos da comunidade educativa, a saber: delegados de turma, docentes de Cidadania e Desenvolvimento, diretores de turma, Clube Europeu, programa Escola Embaixadora do Clube Europeu, Bibliotecas escolares, coordenadores da Estratégia da Cidadania e do PES, SPO e direção. 


Este distinto prémio surge na sequência do trabalho desenvolvido no agrupamento, que implicou práticas quotidianas de promoção de saúde e do bem-estar da comunidade educativa, pautadas pelos princípios da não violência, da inclusão e da não discriminação. Este reconhecimento significa também um desejo de continuar um trabalho norteado pela convivência pacífica e saudável.


A distinção eTwinning School Label 2020-2021 resultou de candidatura formalizada pela direção do agrupamento, no passado ano letivo, e do reconhecimento do trabalho desenvolvido por alunos e professores, de vários ciclos de ensino, ao longo de quase duas décadas e isso é motivo de grande orgulho para todos. 

Foram premiadas com este selo 2139 escolas europeias, das quais 94 são portuguesas. As escolas distinguidas são pioneiras e líderes nas áreas de: práticas digitais, práticas de esafety; abordagens   inovadoras e criativas; promoção do desenvolvimento profissional e contínuos dos professores; promoção de práticas de aprendizagem colaborativa entre os professores e os alunos.

Este selo é um reconhecimento do grande êxito alcançado pela equipa eTwinning das nossas escolas. Recebemos agora a placa, uma bandeira e o certificado que muito honra o nosso trabalho!

O Agrupamento de Escolas de Ansião está, mais uma vez, de Parabéns por estes dos selos!

Isabel Serra








quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Reconhecimento Escola ETwinning

O nosso Agrupamento foi galardoado com o  eTwinning School Label 2020-2021.


A direção do agrupamento formalizou, no passado ano letivo, a candidatura ao selo ETwinning e recebeu esse reconhecimento graças ao trabalho desenvolvido por alunos e professores ao longo de quase duas décadas e isso é motivo de grande orgulho para todos.

Foram premiadas com este selo 2139 escolas europeias, das quais 94 são portuguesas. As escolas distinguidas são pioneiras e líderes nas áreas de:
· práticas digitais, práticas de esaftey;
· abordagens pedagógicas inovadoras e criativas;
· promoção do desenvolvimento profissional e contínuos dos professores;
· promoção de práticas de aprendizagem colaborativa entre os professores e os alunos.
Este selo é um reconhecimento do grande êxito alcançado pela equipa etwinning das nossas escolas.

Recebemos agora a placa, uma bandeira e o certificado que muito honra o nosso trabalho! PARABÉNS a todos os envolvidos! ´

Saiba mais sobre o projeto, clicando nesta ligação. 

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

 Projeto eTwinning 

"A Journey through the Water"

Filme elaborado no Centro Escolar de Santiago da Guarda, pelos alunos e professores do 1.º CEB, no âmbito deste projeto.

Aqui fica o link:

https://youtu.be/nHVaZn8IfY8





"Hi. We are students of a small schooll in the interior of Portugal.
We want to learn new things and share our knowledge.
About water: the Nabão river is born near us, in Ansião.
We are close to Coimbra where the biggest portuguese river passes - Mondego river, wich meet the sea  at Figueira da Foz"

Texto lido e gravado pelos alunos e inserido no filme.

Os professores de Santiago da Guarda


sexta-feira, 26 de junho de 2020




EXCHANGE OF CHRISTMAS CARDS MADE FROM RECYCLED MATERIALS

A Turma 3 / 4 da EB1 de Ansião, participou este ano letivo, pela primeira vez num Projeto Etwinning.
Começamos no Natal passado. Tivemos a oportunidade de participar num maravilhoso projeto Etwinning com duas escolas, uma em Espanha e a outra na Polónia.
Trocamos cartões de Natal feitos de alguns materiais reciclados que os alunos encontraram em suas casas e na escola.
Escreveram uma mensagem de Natal em português e inglês e os nossos colegas fizeram o mesmo, mas em catalão e em polaco. Os postais estiveram em exposição na escola e durante o segundo período, cada aluno levou os seus postais para guardar em casa.
Além da magia na realização, envio e receção de postais e mensagens e natal, foi muito importante a sensibilização e o envolvimento nas ações de proteção do ambiente / planeta.
Agradecemos toda a colaboração, partilha e o carinho dos nossos parceiros, principalmente
à professora Olga de Espanha e às professoras da Polónia Edyta e Miroslawa.
Foi uma experiência incrível!

Algumas fotos da receção e exposição dos postais recebidos e que mais uma vez agradecemos!









Recebemos “O CERTIFICADO ETWINNING LABEL” e ficámos muito felizes!
Partilhamos abaixo alguns links, de alguns dos trabalhos realizados.






CHRISTMAS CARDS MADE FROM RECYCLED MATERIALS & GET TO KNOW OUR COUNTRIES ON A DEEPER LEVEL
Após a excelente experiência da troca de cartões de Natal, entre alunos e professores, achamos bem continuar a trabalhar juntos e avançamos para um trabalho direcionado para a divulgação de um pouco na nossa terra e país, em geral, por parte de cada grupo parceiro!!!
Pesquisamos no google maps, o itinerário, a distância e a duração da viagem entre as três escolas.
Fizemos várias pesquisas e visitas virtuais, através de imagens de satélite e descobrimos que poderíamos visitar lugares interessantes e monumentos maravilhosos...
Nesta segunda fase, a metodologia de trabalho foi um pouco alterada a partir de março, devido aos constrangimentos causados pelo Corona Vírus, que levou à alteração das nossas rotinas…
Ainda assim, concluímos algumas atividades antes iniciadas e deixamos alguns links, onde poderão ser  consultados alguns desses trabalhos.

Link para consulta das publicações relacionadas com o projeto, na Escola de Zer Conca de Barberà, Catalunha.




 

Deixamos  um enorme agradecimento aos nossos parceiros, pelo empenho na concretização do projeto, por toda a partilha, por todo o carinho. Bem hajam!

                                    Da professora Lúcia Ramalho e alunos da turma 3 / 4 da EB1 de Ansião

 


terça-feira, 26 de maio de 2020


ETwinning – Projetos 

Sharing Traditions / Where are you from? / Postcards from Europe


O eTwinning é já uma constante entre os alunos de Santiago da Guarda, continuamos a receber os postais dos nossos parceiros europeus e construímos um Padlet para partilhar as tradições da nossa localidade. A parte mais divertida deste projeto foi a participação do Rancho Folclórico de Lagoa Parada, que nos ajudou a caracterizar o vestuário e a dança tradicional da região de Ansião.  

Padlet sobre o projeto "Sharing Traditions":

https://padlet.com/veramonteiro/hcz8de94w15i


Partilha de Projetos na EB1 de Santiago da Guarda



Planisfério pintado pelos alunos para assinalar os países parceiros de projeto



O nosso cantinho eTwinning tem as bandeiras dos países parceiros.



Placar eTwinning com as partilhas enviadas pelos parceiros.




Alunos a escrever postal para os parceiros do projeto "Postcards from Europe".




Vera Monteiro, Catarina Dinis, Elisabete Pereira, Ema Cruz e António Sousa
Professores | EB1 Santiago da Guarda
Agrupamento de Escolas de Ansião 


Participação em atividades

No corrente ano letivo os professores do Agrupamento encontram-se a trabalhar colaborativamente nos projetos que foram fundadores e também noutros projetos para os quais foram convidados por parceiros estrangeiros









.

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Agrupamento de Escolas de Ansião (AEA)-Os alunos de 11.º e 12.º anos do AEA voltaram à Escola

A retoma das atividades letivas presenciais dos alunos dos 11.º e 12.º anos ocorreu, no dia 18 de maio, por imposição das medidas de desconfinamento decididas pelo governo e integradas numa estratégia de retoma gradual, progressiva e monitorizada, da economia e da sociedade, depois de decretado o fim do estado de emergência. A Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e a Direção Geral de Saúde (DGS) elaboraram documentos com normas para o regresso às escolas, aulas presenciais, e à limpeza e desinfeção de estabelecimentos de ensino. Assim, o AEA preparou detalhadamente este momento, através da alteração e redução de número de mesas nas salas de aulas, e transformou a sala de alunos e ginásios em salas de aulas. Nesta retoma, não houve necessidade de proceder ao desdobramento de turmas nem de repor aulas à distância, porquanto se registou a otimização dos espaços escolares, observando-se o distanciamento obrigatório pelas orientações da DGS. A preparação do reinício contou com o apoio da Sr.ª Delegada de Saúde, Dr.ª Natércia Veloso, bem como, no dia 13 de maio, de uma ação de sensibilização e consciencialização para o surto COVID 19 e boas práticas higiénico-sanitárias, por uma equipa do Regimento de Infantaria N.º 15 de Tomar, destinada aos assistentes operacionais. Durante o evento, a Diretora AEA deu a conhecer os procedimentos constantes do plano de contingência do AEA, já atualizados na sua página online. Também neste dia, o exército procedeu à entrega dos equipamentos de proteção individual, a saber: máscaras, viseiras, aventais, luvas descartáveis e gel desinfetante. Para este recomeço, a Direção do AEA preparou os horários dos alunos das aulas presenciais nas disciplinas de exame nacional dos 11.º e 12.º anos - Filosofia, Inglês, Biologia, Físico-Química, MACS, Geografia, Economia, Português, Matemática e História –, considerando o interesse de minimizar o tempo de permanência na escola. Para esta situação ser efetivamente possível, os transportes escolares foram articulados com o município, congregando-se grandes esforços para dar uma resposta o mais próxima possível da mancha horária das turmas. Estes alunos continuam ainda com aulas de ensino a distância- E@D para as disciplinas não sujeitas a exame final. A 1 de junho, com a terceira fase de desconfinamento, retomarão as atividades presenciais os alunos da educação pré-escolar, estando a preparação desta retoma já a decorrer! É de registar ainda que os restantes alunos do AEA se encontram em E@D, tendo a Escola e a Câmara Municipal de Ansião (CMA) feito um enorme esforço para cederem computadores e acessos de internet a título de empréstimo aos alunos, de acordo com critérios pré-estabelecidos. Ainda a 24 de abril, o AEA entregou computadores a alunos do 9.º, 10.º, 11.º e 12.º anos, e a CMA procedeu a esta entrega a alunos desde o 2.º ao 8.º ano de escolaridade, de 6 e 11 de maio. Neste momento, foram obviadas todas as necessidades prementes, estando a registar-se alguns ajustes, mas sempre com base em critérios de atribuição bem definidos. O nosso agradecimento ao Município pelo apoio na resposta às necessidades dos nossos alunos e o nosso reconhecimento por todo o empenho aos professores, assistentes técnicos e operacionais e famílias, que têm contribuído para que este momento, tão único, esteja a decorrer favoravelmente. Agora, resta-nos protegermo-nos para com a nossa ação protegermos também os outros e acreditar que, com este comportamento cívico conjunto, Vamos todos ficar bem! Isabel Serra - Direção do AEA

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Comemoração do Dia da Europa, 9 de Maio, no Agrupamento de Escolas de Ansião

Os alunos e as professoras do Programa Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, do Clube Europeu e do Projeto Ka1-Erasmus Plus, do Agrupamento de Escolas de Ansião, decidiram comemorar o Dia da Europa, a partir de suas casas e juntos manifestaram as suas intenções de continuarem a depositar uma enorme esperança numa Europa unida. JUNTOS e em videoconferência partilharam vontades, juntaram ideias, planearam ações e comunicaram eletronicamente para ultrapassar as dificuldades impostas pela distância física que os separava. E assim, conseguiram realizar um vídeo muito simbólico da vontade de recuperar a união entre as pessoas, numa União Europeia ferida pela pandemia COVID 19, na vontade de reaver a liberdade de movimentação, o convívio entre os povos, a partilha de experiências, a vontade de viver em interculturalidade, o respeito pelo que é diferente, para mostrar que o lema da UE "Unidos na Diversidade" se concretizará pela sua determinação de estarmos sempre juntos. https://drive.google.com/file/d/1ugUvmgMW6tpp2toy9JwqwOKrfYYjTUZs/view

O Agrupamento de Escolas de Ansião e o Ensino à Distância

O dia 13 de março foi o último dia de aulas presenciais dos alunos que frequentam as escolas e instituições de ensino público e privado em Portugal devido à Pandemia Covid-19. Este dia foi decisivo no Agrupamento de Escolas de Ansião e os alunos deixaram as diferentes escolas do Agrupamento com indicações, ainda que breves, de como iria ser dada continuidade ao trabalho à distância, já que todos os alunos ficariam impossibilitados, devido ao Plano de Contingência da Escola e mais tarde do Estado de Emergência Nacional, de ter atividade letiva presencial a partir do dia 16 de março. A 3 de abril o Ministério da Educação endereçou às direções das escolas um roteiro com alguns princípios orientadores para a implementação do Ensino à Distância. O Agrupamento de Escolas Ansião organizou-se com o objetivo de garantir que todas as crianças e jovens continuem a aprender durante o período de suspensão das atividades letivas presenciais, de acordo com o definido no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e nas Aprendizagens Essenciais, recorrendo aos meios necessários para tal. O E@D pretende desenvolver atividades promotoras do sentimento de pertença e ligação do aluno à escola e ao grupo/turma, bem como fomentar o estabelecimento de comunicações regulares entre professores e alunos e entre alunos. Na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo, este aspeto assume particular importância. O desenvolvimento de atividades à distância com os alunos deve centrar-se na criação de rotinas de trabalho, que configuram segurança aos alunos, e que são diferentes das presenciais. Paralelamente, deverão ser desenvolvidas atividades de caráter lúdico, que promovam o bem- estar emocional do aluno. As atividades digitais propostas deverão contemplar espaços de interação, promovendo o trabalho de grupo online e quebrando o isolamento em que os alunos se encontram. O Agrupamento teve de eleger um conjunto de ferramentas para a implementação do plano de E@D, e a ser complementado com as atividades letivas EstudoEmCasa na RTP Memória, a saber: emails dos Encarregados de Educação – do Pré Escolar ao 3.º ano; email individual de trabalho – para alunos do 4.º ao 12.º anos; plataforma Class Dojo – para alunos do 1º ciclo; aplicação Google Classroom -para alunos do 4.º ao 12.º anos; aplicação Google Reuniões – para alunos do 4.º ao 12.º anos; plataforma Moodle do AE (quando já em uso); Escola Virtual; videoconferência. No processo de mudança para o ensino à distância, o envolvimento de toda a Comunidade Educativa, na implementação do Plano de Ensino à Distância (Plano E@D), é imprescindível para o sucesso de todos os nossos alunos. Deste modo, a sua implementação pressupõe um processo dinâmico e de melhoria constante assente no debate interno, reflexão, levantamento e (re)definição de meios tecnológicos. Sabemos que a Escola não estava preparada para este novo paradigma da educação. O E@D será um processo em construção, na procura da melhor resposta para os nossos alunos e nunca o trabalho colaborativo entre docentes e técnicos e a articulação com os alunos e os encarregados de educação foram tão necessários. Nem todos os alunos terão o mesmo nível tecnológico nem as mesmas competências digitais. Neste particular, é sabido que se o Encarregado de Educação colaborar o trabalho será bem sucedido, contudo não se pretende, sobrecarregar as famílias no acompanhamento dos trabalhos escolares para cuja função muitos não têm possibilidade de proporcionar. Neste tempo de rápidas e inesperadas mudanças também para nós, professores /educadores, este é um grande desafio e percebemos desde o dia 13 de março que o espírito de colaboração e capacidade de adaptação da nossa comunidade educativa têm sido notáveis. Finalmente, desejamos a todos, serenidade, transformação, renovação, saúde e muita esperança! Isabel Serra

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Entrega das mochilas em Chipaca - Niassa


No âmbito do projeto solidário "Uma Escola no Niassa" decorreu hoje, na escola primária de Chipaca, a entrega das mochilas com o material escolar. Cada um dos 174 alunos recebeu o seguinte material:
1 mochila, 5 cadernos, 4 canetas, 2 lápis, 2 conjuntos de lápis de cor, régua, afiadeira e borracha.
Na cerimónia, para além do Diretor Geral da JFS-SAN, Engº Manuel Delgado e seus colaboradores, estiveram presentes várias entidades locais e provinciais, para além dos alunos, encarregados de educação e demais membros da comunidade.
Durante a cerimónia foi projetado um vídeo gravado na Escola de Ansião com uma mensagem de incentivo para o novo ano letivo.
Deste cerimónia foi feito o registo foto e vídeo, cujos ficheiros se disponíveis nos links seguintes:
Fotos (Google Photos):
Vídeos (Google Drive): 


segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

- “Let´s do Science” - 

https://twinspace.etwinning.net/102173


(a decorrer durante o ano letivo na EB1 Santiago da Guarda)
Breve descrição:
Promover a literacia científica, a educação em ciências reflete-se noutras áreas do currículo, assim como, contribui para o desenvolvimento de competências na língua materna, promovendo uma atitude crítica/reflexiva e para o desenvolvimento do pensamento para a resolução de problemas.
A necessidade de tornar a aprendizagem dos fenómenos que ocorrem na Terra numa experiência estimulante, leva-nos a procurar colocar o papel da descoberta no jovem investigador, que passo a passo, irá efetuar uma viagem pelas ciências, iniciando-a no 1º Ciclo.

Objetivos:
·         Dar a conhecer a importância do conhecimento e do método científico nas suas vertentes futuras, demonstrando a sua aplicação em situações reais dos conceitos e ferramentas lecionados na sala de aula;
·         Fomentar a aquisição e aplicação de um saber cada vez mais aprofundado, assente no estudo, na reflexão crítica, na observação e na experimentação;
·         Proporcionar situações diversificadas onde o aluno interprete textos, tabelas e diagramas, analise informação científica e conduza pequenas investigações;
·         Compreender a importância das medições, classificações e representações como forma de olhar o mundo perante a sua diversidade e complexidade;
·         Privilegiar o desenvolvimento da curiosidade pelo meio local e pelos fenómenos naturais que dele fazem parte;
·         Fortalecer a integração das tecnologias de informação e comunicação na prática pedagógica e na vida das escolas, enquanto incentivadoras de novas aprendizagens, reforçando a sua transversalidade;
·         Familiarizar os alunos com a utilização de computadores e sensores como ferramentas de trabalho experimental;
·         Fomentar capacidades de comunicação e espírito crítico possibilitando o desenvolvimento de atitudes reveladoras de maior autonomia;
·         Criar um conjunto de recursos educativos/estratégias de trabalho, promotores de aprendizagens motivadoras e significativas em ciências;
·         Incentivar o estudo e conhecimento contínuo, voltado para o futuro, capaz de acompanhar a evolução científica, tecnológica e do conhecimento do homem;
·         Incentivar a criatividade e inovação;
·         Fomentar atitudes de respeito pela Vida e pela Natureza;
·         Promover a interdisciplinaridade das diferentes áreas curriculares, que conduzam à criação de valores, atitudes e práticas que adequem os alunos ao desempenho de funções socialmente úteis;
·         Realizar experiências que conduzam à identificação de alguns fenómenos de contaminação ambiental;
·         Divulgar os resultados obtidos de modo a alertar a comunidade e as entidades responsáveis do concelho para problemas ambientais.